Senadora Gleisi Hoffmann tenta dar 'carteirada' para visitar Lula na cadeia
Foto divulgação / Redes Sociais
[Notícia] A Senadora do Estado do Paraná e Presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, tentou utilizar uma carteirinha da OAB para visitar o ex-presidente Lula, preso e condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Segundo informações do Blog do Lauro Jardim, do jornal O Globo, a Senadora Gleisi Hoffmann tentou na tarde desta segunda-feira(3) driblar a ordem judicial que a impede de continuar visitando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na condição de advogada.

As informações é de que ela teria chegado na Superintendência da Polícia Federal acompanhando outros advogados e o possível candidato Fernando Haddad. Testemunhas afirma que a Senadora "sapateou" na recepção da Superintendência da PF, mas os agentes não se intimidaram com o barraco e impediram sua entrada. 
Com a decisão da juíza, a Senadora e Presidente do PT, Gleisi Hoffman só poderá visitar o ex-presidente nas tardes de quinta-feira, dia em que ele recebe os amigos.

Inelegível
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está inelegível conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mediante aplicação da Lei da Ficha Limpa. Os advogados de Lula disseram que vão reverter a situação no Supremo Tribunal Federal.

Veja também:

Senadora Gleisi Hoffmann tenta dar 'carteirada' para visitar Lula na cadeia

Senadora Gleisi Hoffmann tenta dar 'carteirada' para visitar Lula na cadeia
Foto divulgação / Redes Sociais
[Notícia] A Senadora do Estado do Paraná e Presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, tentou utilizar uma carteirinha da OAB para visitar o ex-presidente Lula, preso e condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Segundo informações do Blog do Lauro Jardim, do jornal O Globo, a Senadora Gleisi Hoffmann tentou na tarde desta segunda-feira(3) driblar a ordem judicial que a impede de continuar visitando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na condição de advogada.

As informações é de que ela teria chegado na Superintendência da Polícia Federal acompanhando outros advogados e o possível candidato Fernando Haddad. Testemunhas afirma que a Senadora "sapateou" na recepção da Superintendência da PF, mas os agentes não se intimidaram com o barraco e impediram sua entrada. 
Com a decisão da juíza, a Senadora e Presidente do PT, Gleisi Hoffman só poderá visitar o ex-presidente nas tardes de quinta-feira, dia em que ele recebe os amigos.

Inelegível
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está inelegível conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mediante aplicação da Lei da Ficha Limpa. Os advogados de Lula disseram que vão reverter a situação no Supremo Tribunal Federal.

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário